terça-feira, 27 de maio de 2008

Tânia Diniz e Mulheres Emergentes.



Imagem:foto do lançamento de Mulheres Emergentes, no Terças Poéticas ( Palácio das Artes), cujo curador, Wilmar Silva, posa com as autoras ).

Na data, o InBrasCI (Governadoria em MG, na Cidade de Mariana, MG, compareceu para homenagear Tânia Diniz, pelo aniverário e dezoito anos do ME.Estiveram no evento, Andréia Donadon, que integra a antologia, J.B.Donadon, Professor da UFOP, Gabriel Bicalho e J.S.Ferreira, todos poetas del Mundo e membros do staff do InBrasCi -MG.Andréia é a Governadora e Cônsul de poetas del mundo em mriana.Gabriel Bicalho, também Cônsul

A "Poietisa" ,editora e autora Tânia diniz, recebe em sua casa, hoje,20 de maio, as autoras de ME 18(Mulheres Emergentes), antologia comemorativa aos dezoito anos do Jornal Mural de mesmo nome.Serão entrevistadas pela TV PUC.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Ricardo Evangelista homenageia a POIETISA Neuza ladeira





Imagem:a)Ricardo Evangelista (in "Poesia na praça Sete"
B)Neuza Ladeira-Poster virtual na série "POIETISAS,trabalho do fotógrafo e poeta , presidente da Rede Catitu,Marco Llobus.

CLÊ, Espero por você!

"SARAU DO CENTRO DE CULTURA LAGOA DO NADO

DIA 29/05/08, ÁS 19:00 HORAS - LOCAL BIBLIOTECA E TEATRO DE BOLSO DO CENTRO DE

CULTURA LAGOA DO NADO- RUA MINISTRO HERMENEGILDO DE BARROS , 904 - B. ITAPOÃ.

Belo Horizonte, MG,Brasil

PERFORMANCE POÉTICA COM ROBERTO SOARES. TEXTO ALVARES AZEVEDO E ROBERTO SOARES - DIREÇÃO FERNANDO FABRINI

COORDENAÇÃO DO SARAU POR RICARDO EVANGELISTA"

Poetisa homenageada:
Neuza Ladeira-autora

FONE 32777420 PARA AGENDAR VINDA AO SARAU.

TEXTO DE ABERTURA DO SARAU , EM HOMENAGEM AO MAIO DE 68 E A TODOS QUE VIVERAM INTENSAMENTE AQUELES TEMPOS DE UTOPIAS.

BICHO, QUAL É A SUA?

PARA NEUZA LADEIRA

HOMENAGEM AOS 40 ANOS DO MAIO DE 68

Leminski disse, se não disse está dito

a dita cuja não é mole, é DITADURA!

Sex and drugs com Rolling Stones

AI5, MR-8, LSD e tortura

é tudo ira e doçura.

A CIA ensina

a gente aperfeiçoa

é tudo flor e fúria.

Bicho, qual e á sua?

Vamos pra rua.

REVOLUTION!

É proibido proibir

aqui e acolá

o verso do Wally e o pasquim

peace and love

Gil, Chico, e coquetel molotov da censura

água mole em pedra dura

tanto se bate até que afunda a ossatura

do crânio e da coluna

só com Natal, Tostão e Dirceu Lopes

pra romper essa estrutura.

Bicho, qual é a sua?

Vamos pra rua.

REVOLUTION!

Lá o filho apanha e a mãe não vê

porrada na cara

ás claras e às escuras

uns vão de carona e outros de viatura

cantava Nara, cantava Help And ticket to ride

e também Hosana nas alturas

com Pelé e Garrincha

nem gringo segura.

Bicho, qual é a sua?

Vamos pra rua.

REVOLUTION!

Queimar o sutiã

contra a guerra no Vietnã

o Ying e Yang

ver o sonho no caleidoscópio da loucura

a pílula da rebeldia pulula

abaixo a dona dita

abaixo a clausura.

Bicho, qual é a sua?

Vamos pra rua

REVOLUTION

Jogar o I Ching

Soul do swing na nervura

Aceso o incenso beatinik

Cuba Libre e Guevara

Vandré sem leço

Black Power é meu documento

no transe da minha terra

há fome e gula

a dona mentira disfarça de verdade mais pura

Bicho, qual é a sua?

Vamos pra rua

REVOLUTION

Beijo na boca à três

um grito de liberdade fulgura

Janis, Hendrix e Baez

Raul baião com rock

marijuana e woodstok na mistura

Leila Diniz mulher de peito

e o poder vindo as ruas.

Bicho, qual é a sua?

Vamos pra lua

REVOLUTION!

Se ficar o bicho pega

se correr o bicho come

pouca gente sabe

e muita gente some

pau-de-arara

choque elétrico

não há cristão que atura

o general decreta e a TV adula

e a luta companheiro, ainda continua?

REVOLUTION!REVOLUTION!REVOLUTION!

RICARDO EVANGELISTA MAIO DE 2008

***<<>>***
Neuza Ladeira estreou com o belo OPÚSCULOS(selo aNomelivros), que reúne tercetos e poememtos de grande filofofia e vida e beleza.Quando Ricardo Evangelista e Sueli Silva levaram a Montevidéu seu espetáculo "POETAS QUAE SERA TAMEN", no qual fui inserida, com poemática enviolvida por arranjo musical da cantora e com positora, no VIII Encontro Cultural aBrace-Solidariedade entre criadores-levamos nossos livros e de amigos ,autores brasileiros para distribuí-los.Deixamos OPÚSCULOS na Biblioteca da Intendência Municipal .
Depois, ela escreveu seu fantástico OS COMEDORES DE SONHOS,que prefacio, cuja primeira leitura emocionou sobremaneira a Ricardo Evangelista, Marco Llobus e a mim, no estúdio em casa da poeta e aquarelista.Permanece inédito, quando tantos editores por aí, deveriam interessar-se em publicá-lo.
Na sede de escrever sem tréguas, ela fez outro:Quarto de Dormir, Quarto de Pensar, que saiu no mês passado em edição da autora, pela Urbana, do rio e ainda não foi lançado, pois a jornalista e performer Brenda Mars e eu ( * )estamos preparando sua nova expo de telas e o lançaremos juntamente.

No dia 19, a Câmara Municipal de Belo Horizonte homenageou os brasileiros da Resistência à Ditadura Militar,os que sobreviveram e os que se foram.Neuza foi uma dos três poetas homenageados, mas não pode comparecer e a jovem Brenda Mars ,Presidente do Imersão Latina, a representou,vestida de vermelho e preto, com uma echarpe com caveiras, presenteada pela própia Neuza.Quando chamei atenção para os nomes do professor Luiz Paulo Lyrio (autor de "Nos Idos de 68"),cuja segunda edição sai pela Mazza revista e ampliada ) e do Físico Marco Aurélio Lisboa, obrigado muito tempo a viver de forma clandestina, a vereadora Neila Batista imediatamente atendeu à reivindicação.

O poema de neuza ladeira que seria interpretado por Brenda Marques (não houve tempo, mas a vereadora diz que o colocará em seu boletim virtual),narra uma fase de sua vida, após a libertação do cárcere(onde foi barbaramente torturada, mocinha de dezoito anos, tipo mignon):

VILA JATOBÁ

A Vila Jatobá foca uma história muito forte.
Pequena está entoada na Vila.
Ela e Nonato fogem levadiços.
Na floresta,semente nova brotando
olhando de esguelha
coisas feias e constantes
vivem no desafiante.

A roliça chilreia quando mamãe varre as folhas
no caio do jardim
com o coração tranqüilo,
despida de adornos,brincos e outras especiarias...
Não é cabide para viver pendurada
a velhos hábitos
espetando a nostalgia social
e expondo-nos um desenho emocional.
Varrendo folhas, o gongo soa
no mundo, no País, na cidade e na vila.

Ela e Nonato enfiaram o pé na jaca.
Como andar nesse momento, com o passado ainda presente/
Andamos a querer adiantar a hora.
Assim , na história da gente,
forças poderosas nos encarceraram.
Érammos gado marcado
sonhando sentir
como os outros ainda sentem.

Na vila, aprendio com dona drinque
esconder o medo,libertar a coragem.
Nonato e todos, na boiada inteira,
debilitados, sem vontade
-no instante do disfarce abocanham
a essência mesma.
Estopados indefesos
à mercê do perverso cego de bengala.

Vestem-se com rigor e pudor
mesmo após perdê-los.
Não se deixam seduzir no mecânico carinho
que não cosnegue seduzir.

O pudor pode ser uma herança, defesa,
mesmo na retidão forçada
após a morte do desejo,
na sombra oculta que exaspera.

Buscando laços, mas coicidência os apodrece.
Nonato e eu, nus,sem pouso, sem amor, sem alma...
Na camisola de cetim e no pijama listrado
dois pêndulos se debatem.

Neuza (Maria) Ladeira

(Quarto de Dormir, Quarto de Pensar, pgs 41 a 42)

A rica linguagem metafórico da poetisa sempre se mescla ao pictórico.Da rolinha ao nu, do "perverso cego de bengala"-personagem cruel repetido de OS COMEDORES DE SONHO-
símbolo do torturador:aquele que induz ao medo, que faz perder a alma, que empurra para a bebida (dona drinque,em um dos versos, a azulinha no outro livro),todos os eufemismos que fafem Pequena-ou Pequena Flor em muitos poemas de Neuza-sentir-se a flutuar, chagallmente, num mundo que não lhe chega:"Como andar nesse mundo,com passado ainda presente"? Essa indagação às vezes, ainda a angustia, na lenta adaptação de voltar a ser.Mas ela faz uma bela canalização, para a POIESIS,para a ARTE .E nos causa admiração.

Não é uma leitura fácil, claro.Catártica, terapêutica, belíssima.Arrasta-nos nas folhas secas que o ancinho da POIETISA varre e acumula numa coleção de belezas simples e aromáticas.

Clevane pessoa de araújo Lopes

Diretora Regional do InBrasCi em Belo Horizonte, MG

Embaixadora universal da paz, por genebra, Suiça(Cercle Univ.de Les E
mbassadeurs de la paix)

Cônsul Z-C de poetas del mundo.

Obs:Os três poetas que indicamos e foram devidamente homenageados com a bela estaueta, são Cônsules de Poetas del Mundo na capital mineira.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Lívia Giulia Tucci, mulher dourada.




Livia Giulia Tucci tem a doce e educada voz própria para as modulações dos blues, do jazz.Cantou para nós, quando era entrevistada em seu espaço, um brechó, onde Marco Llobus fotografou e filmou em meio a bijoux,roupas e papéis.

Em seu belo livro "O Avesso do Cristal",é chamada de "dourada".Pele claríssima, olhos
de água.Cabelos louros.Sobrenome italiano.Um amor pela Poesia e pela Música ,que norteia seus passos.

Com Tânia Diniz, iniciou o projeto Mulheres Emergentes.
Seu Poemário é sensualíssimo, gostoso de ler e decifrar.
Acaba de participar da edição histórica e comemorativa ME18,que celebra os dezoito anos do jornal mural com poemas apenas de mulheres que escrevem Poesia.Depois, em carreira solo, criou o seu próprio veículo de divulgação, do qual falaremos, aos poucos.

Lívia leciona inglês e canta nas noites da capital mineira.

Estergilda Menicucci



Em flash do Poeta Marco Llobus, que comigo assina o livro-álbum "POIETISAS(Projeto aprovado em belo Horizonte,pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura),entrevisto a dinâmica Estergilda.Todas as ações desse trabalho são filmadas, gravadas ,fotografadas, transformadas em movies, colocadas no You Tube e tem espaços de ação paralelos na Rede Catitu, que Llobus preside.


Entrevistar Estergilda Menicucci foi algo assombroso, tal a vitalidade , a espiritualidade, a grandeza de suas peças.As telas são luxuriantes em cores e ,ao mesmo tempos, donas de simbolismo esotérico muito fortes.Já na sala de visitas, encontramos, a escultura de seu anjo guardião e telas cheias de energia .
Ela estivera, há pouco, modelando um rosto de Mozzart, com tamanha expressão, que nos emocionamos.

Llobus e eu ouvimos histórias de sua infância e juventude, examinamos os grande álbuns de recortes da imprensa de várias cidades além de Belo Horizonte, onde, belíssima, ela aparecia com suas telas e criatividade .A POIETISA e artista plástica, ministrou cursos livre na Guignard e ainda leciona em sua casa.

Em sua casa, onde também funciona seu estúdio,ficamos deliciados com as peças da próxima exposição:esculturas muito expressivas, no momento fotografadas artisticamente por outra de nossas POIETISAS:Regina Mello, também artista plástia e performer, que preside o MUNAP(Museu Nacional de Poesia), agora com espaço no Parque municipal, para saraus e exposições (ela acaba de expor a série de fotografias "A Poesia das Sombras" e lançará, no palácio das artes, o "ORIGINAL_o livro dos Artistas", onde compareço com 25 desenhos a bico-de-pena e algumas técnicas mistas, sob o tema "A Forma do poete vazio".

Aniversário de Graça Campos.







imagens:
Entrevisto Graça Campos


A mesa de aniversário de Graça campos, que aniversaria, com as filhas,netinha Luiza , genros ,Llobus e eu.


Fotos de Marco Llobus, fotógrafo fotografado, quando examinava as telas da POIETISA e artista plástica Graça Campos.

Graça foi criada no Serro e isso aprece em suas paisagens e personagens, em sua Poesia.Professora, aprecia a natureza e tem na jardinagem um grande hohhy.Ela é irmã dos autores e atores, os poetas Leo & Leo (Leosino e Leonildo)

Quando fomos à sua casa, festejava o aniversário (feito um dia antes, 18 de abril)e foi um dia muito alegre e agradável.

Graça Campos casa filha




Foros:
O jovem e belo casal, Roney e Luciana; Luiza, a daminha ;eu,entre Graça Campos e a filha Luciana,agora Sra.Roney Diniz.


A "POIETISA" Graça campos, também artista plástica, vem de casar sua filha Luciana.Convidada a dizer umas palavras aos nubentes , ao chegar em casa, resolvi escrever o poema abaixo, do qual Masé Soares fez um belo PPS, com trilha sonora , além de colocá-lo em seu blog "Meu jardim Secreto"(http://masesoares.blogspot.com).Acrescento agora, "Coração de criustal, da poetisa Efigênia Coutinho, fundadora e presidente de Honra da AVSPE,do qual sou patroness.


Quinta-feira, 22 de Maio de 2008
ENLACE-Roney e Luciana Diniz





Masé Soares não apenas preparou um belo PPS com fundo musical,que mais parece um álbum de enlace, com esses meus versos, mas também os colocou em seu blog,"Meu Jardim Secreto" ,ao qual chama ,carinhosamente, de "Bloguito"(http://masesoares.blogspot.com/)

Nas fotos, Luciana e ronei , Sr. e Sra. Diniz, a daminha Luiza, e eu a dizer palavras de acolhimento ao enlace,que depois, ao chegar em casa, resolvi transformar em poema.

"POETA CLEVANE PESSOA - "ENLACE"- POEMA NUPCIAL PARA LUCIANA E RONEY



Enlace


Um casamento vai além das assinaturas em papel oficial.
O enlace tem a ver com as trocadas ternuras,
com a pele na pele, o cotidiano de entregas e paciências,
os risos , as somas, as vivências...
Dizem os ciganos que se respirarmos perto de um cavalo,
ele será o senhor dos nossos segredos.
Imaginem quem respirar juntos toda uma noite,
ou ao quando no amor, os hálitos se misturarem.
Um par conjugal
é essa harmonia entre dois seres.
O TAO, o Yin e o Yang,
almas em simbiose,olhos nos olhos
a compreender os secretos códigos,
o equilíbrio que faz o coração bater em uníssono
e aquece o sangue.

O amor é tão estranho que dele
pode nascer o ressentimento ou a ternura.
É preciso cultivar essa flor perene, esse parreiral de sonhos,
essa grama de verde pleno e terno.
É necessário tecerem os ramalhetes,colherem os frutos,
fazerem o vinho doce e saboroso.

O fogo da paixão, qual chama votiva,
não deve se apagar.
Cabe aos noivos renovarem os laços todos os dias
e deixá-la perenemente acesa."


Clevane Pessoa de Araújo Lopes,
com os melhores entre os melhores votos de felicidade plena, a Luciana e Roney.


Poeta Clevane declama seu poema "ENLACE" feito para os noivos na festa do casamento em Belo Horizonte/MG.

Parabéns Clevane pelo teu gesto carinhoso aos noivos
LUCIANA E RONEI,
FELICIDADES MIL!!!!
Abraços,
Masé Soares
Goiânia/Go
Postado por Masé Soares às 5/21/2008 0 comentários

Marcadores: ENLACE-Roney e Luciana Diniz

postado por Clevane_em_Pessoa @ 18:31 0 Comentários
Domingo, 18 de Maio de 2008
Efigênia Coutinho-Coração de CristalCORAÇÃO DE CRISTAL


Efigênia Coutinho gosta de inter0pretar seus sentimentos.OPs dois sonetos mais recentes, falam de coração.Pedi-lhe permissão para publicar aqui esse abaixo, com a encantadora imagem, que tão bem coadunou-se aos versos.Vou solicitar a publicação do que nos chegou hoje.
Efigência coutinho é a presidete-fundadora da AVSPE(Acaemia Virtual Sala dos Poetas e Escitores- à qual pertenço, convidada para Patroness. e onde os autores são muito bem agasalhados por ela e pelo trabalho solidário de Malu Mourão,além dos demias diretores e acadêmicos.

CORAÇÃO DE CRISTAL
Efigênia Coutinho

Tenho um coração de Cristal,
minha fonte pura de magia;
rei de minhas noites de luar
aos tons suaves duma cantoria.


Fonte cristalina que vida encerra,
com sua luz engravida a terra,
de todo bem que em ti alcança
o sonho, se imortalize a senda!


Vem em mim amoroso sonho
ânsias infinitas, olor e desejo
palpitando rumores - teu beijo!...


Ó fonte cristalina que corre cheia,
que eu me desmanche alva e sonora
em teu coração, por dentro e por fora!


Balneário Camboriú
Maio 2008

Marcadores: CORAÇÃO DE CRISTAL

Maria Queiroz -telas em vernissage da Universidade Estácio de Sá





Fotos (Marco LLobus, fotógrafo):
CD "Dó Re MI"
Maria Queiroz, à minha esquerda.
Eu e mandala da artista, que usei para expressar o memorial a Artur da Távola.


Maria Queiroz, com seus modos mansos, tem a música no sangue e a poesia ,em simbiose com o ritmo natural que imprime a tudo:artista plástica, faz mandalas e telas que sinalizam sua rica vida interior.Dela, prefaciei "A Flor da Pele" ,livro de poemas, primevo.A caminho um novo, telas brotaram no "interemezzo",mais o CD de canções para crianças, onde canta suas composições com a garota Marina, aluna de Babaya,e seu amigo Leroy.

Neste momento, essa integrante do livro-álbum POIETISAS(leia sobre o mesmo, na G~enese, primeira página deste blog),está feliz, pois foi a Universidade Estácio de Sá ,aqui em convidou-a para uma exposição, cuja vernissage acontece a 26 de julho, na Rua Erê, no Prado.

As telas também concorrem ao prêmio que a Estácio de Sá ,aqui na capital mineira,oferece aos artistas participantes.

LLobus e eu estivemos no apartamento da artista e "POIETISA", para a costumeira troca de impressões, onde foi entrevistada, fotografada,filmada e gravada e nos encantamos com sua Arte e com posições musicais.

Recentemente, usei a foto de uma mandala, para ilustrar um texto do memorial a Artur da Távola.

Nossos melhores votos de sucesso nesse certame/expo.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Qual a luz



Regina Mello,em close de Llobus,mostra o sorriso e o olhar que são sua marca registrada.

Amante da natureza, foi entrevistada e filmada, fotografada- fotógrafa sob a ótica do fotógrafo- sob a mangueira antiga onde se inicou sua "Galeria da Árvore', um grupo de artistas e autores.

Até o dia 18 de maio, está às voltas com a semana nacional de Museus, ela que dirige o MUNAP-Museu Nacional de Poesia-intinerante.

Antológico, o poema escolhido por marco Llobus:para ela, "o amor não tem forma,
não tem fórmula"- é qual a luz.

Vinheta - Documentário - Poietis(a) - Capítulo 1 - Neuza Ladeira

video

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Regina Mello, SEmentes de Poesia na semana nacional de Museus



Foto:A dinâmica Regina Mello

Regina Melo, Diretora do MUNAP(*), e uma das "POIETISAS" que integram o projeto de livro-álbum de mesmo nome, que pertence ao Kasa Vazia e coordena a "Galeria da Arvore, em Belo Horizonte,MG,Brasil,convida, gentilmente:

2008/5/11 Regina Mello :


Semana de museus de 12 a 18 de maio

(*)Museu Nacional da Poesia (Museu itinerante)convida:

Sementes de Poesia no Parque Municipal dia 18 às 10 h.
voce é nossa convidada especial, traga seus trabalhos
arte, poesia, performance, musica, todas as "sementes"
montagem no mesmo dia às 7 horas

Gentileza confirmar sua participação

Beijos

Regina
25157367 - 88387367

Vou indigar sobre a dinâmica dessa ação e postarei aqui para todos.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Diretora Regional do InBrasCI (**)em Belo Horizonte, MG

(**)InBrasCi:Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais.