quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Poietisas em 2009-Regina Mello e Iara Abreu


Iara Abreu


Regina Mlelo


Casa de dança Máscaras


Regina Mello fez uma parceria com Iara Abreu.Ambas poetas, fotógrafas e artistas plásticas, confeccionaram máscaras para o Reveillon da Boate de mesmo nome ,para a festa de hoje.

A casa de dança ( Máscaras Casa de Dança , que se situa à Rua Santa Rita Durão, 667,na Savassi) ) oferece um primoroso som mecânico e, seguindo a tendência, o epértório será os hits dos anos 80, também carnavalescos .

Esse Reveillon , pretende também unir poetas,a rtista e intelectuais da cidade, segundo o convite das artitas.

Para a decoração, balões branco e prateados.Cada pessoa ganhará sua máscara confeccionada pelas artistas e decoradoras .Espera-se uma explosão de alegria e energia, nessa passagem de 2009 para 2010.

O Máscaras possui Scotch bar, salão e pista
de dança . E ainda um KIT da sorte para os convivas :uvas verdes,lentilhas e sapinhos. O consumo livre nas cartelas inicia a partir
das 22h30.


Mais informações: (31) 3261-6050 / 3261-5083

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte, faz encerramento do Circuito de Pintura do College Arte


Andreia Donadon, em Montes Claros,durante o Psiu Poético.



Graça Campos Clevane Pessoa, na AFEMIL(Academia feminina Mineira de Letras), em 18 de novembro, de 2009, na posse da primeira (Cadeira Cecília Meireles).
Crédito:Gabriel Pessoa


Graça Campos , entre suas telas .



Dois estilos, artes distintas, belezas visuais-para elas, essas rosas virtuais...


Construído para abrigar um cassino, o Museu de Arte da Pampulha é um dos projetos de Oscar Niemeyer-para o funcionamento de um cassino -e faz parte do Complexo Arquitetônico da Pampulha, conhecido em todo o mundo, considerado é uma das mais belas amostras da arte do arquiteto.

" As exposições de arte acontecem no Salão Nobre, no Mezanino e no Auditório".

História do MAP

Ações, projetos e serviços:
Exposições de Artes
Atividades de Arte-educação
Café Niemeyer e Loja de Souveniers


Funcionamento:
Horário de visitas: 3ª a domingo, das 8 às 20h
Ônibus: Circular 505, 2212B, 2213 ou 2215 e, fins de semana, 5030. Descer na Avenida Portugal, em frente ao supermercado Supernosso. Atravessar a Avenida e descer pela Rua dos Estados, até a Orla da Lagoa. Virar à direita."

Fonte:
http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp




Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585 - Pampulha
Belo Horizonte - MG, 31365-450
(0xx)31 3277-7996





Deia Leal em seu ateliê.Na mesma data, à tarde, a artista, que é contista premiada ,recebe o primeiro lugar de Conto, no concurso da AMULMIG-à qual pertence- com seu nome literário, Andréia Donadon,



Elegia a Polock, que etá no catálogo,de Deia Leal a poeta Andreia Donadon)




Tela "Pranto", onde a artista e poeta assinala considerações implícitas e explícitas sobre a água.



O Colege Arte promove o Circuito de arte, com telas de diversos autores e temas.

O encerramento foi no Chile, na Ilha Negra (Isla Negra/Santiago ), tão amada por Neruda.

o Brasil, em Minas, a cidade de belo Horioznte, acontece o coquetel de encerramento, dia 15 de dezembro, às 19 horas. aqui em BH, no belo Museu de Arte d pampulha..

Deia Leal, que expões "Elegia a polock")(acrília sobre madeira), conta-me ,por telefone,que é a curadora de quatro artstas.

E a poietisa Graça Campos , mostra no belo catálogo, "As Muitas Faces" e assim se pronuncia:

" Eu gostaria muito de ter ido ao Chile,

mas não faltará oportunidade! Acredito.
.
Quanto às telas que estão no circuito, são duas, de cada artista.

E as minhas são:

1ª. "PRANTO" ´É a inovação de uma de minhas advertências ao tema "AGUA", e a
Acrílica e óleo sobre tela
Tamanho: 50x50

2ª. "DIMENSÔES" ( Deixo a critério das releituras).
Óleo sobre tela
Tamanho: 38x42

Muito grata.

Abraços
Graça"

><><><

Nossos efusivos parabéns às artistas mineiras, que por serem poetas, meslam a poesia da percepçãp às suas telas..

Divulgação:

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Maria Fortuna comenta Erotíssima de Clevane Pessoa


Artes e artes

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Frase da semana
"A arte existe quando viver não basta"

Fernando Pessoa

Postado por MJFortuna às 08:14 0 comentários
Domingo, 27 de Setembro de 2009


Erotíssima e a nova mulher de sessenta

Maria J Fortuna

Estamos num novo tempo, para nós, mulheres de sessenta! Se antes desta idade, aos cinquenta, a gente investisse num novo romance, ou falasse e escrevesse algo “apimentado”, fatalmente seríamos chamadas de “velhas assanhadas”. Mas, agora,estamos nos sentindo mais confortáveis para soltar a sensualidade como flores vivas ao longo do caminho. Pelo menos, para algumas mulheres corajosas da chamada “terceira idade”, prefiro chamar de renascimento da mulher sessentona!
Nestes novos tempos, um erotismo maduro, sem apelações, forjado pelos anos de experiência e fantasia, deixa-se mostrar de forma espontânea, poética e requintada, através de pinturas, esculturas e poemas, como os de Clevane que se nega a ficar invisível por causa da idade.
Estou entusiasmadíssima com o lançamento desta sua nova obra! A autora canta a beleza, em ricos e refinados poemas, na linguagem universal do erotismo feminino, que não tem idade. Não resisto à tentação de colocar aqui uma amostra de um dos seus poemas, em que homenageia a poetisa Yeda Schmaltz, que igualmente escrevia poesias eróticas de muito bom gosto:


Calcinhas para tirar:

Depois de passar um bom tempo
Escolhendo, com apaixonado olhar
a prever delírios, calcinhas rendadas
vermelhas, cavadas, sensuais e sedosas
depois perfumadas com água de rosa
percebo que aparece uma bela borboleta
para cobrir a rosa da espécie“Príncipe Negro”
onde o vermelho é muito escuro
e seu botão bem mais rosado
Essa coberta leve e ousada
vestida apenas para ser tirada
é uma estratégia feminina
para a guerra de “huns” e “ais”
que acontece entre lençóis
no tálamo.

Erotíssima, esta deliciosa obra que foi lançada na Bienal do Livro, este mês, no Rio de Janeiro – RJ, vem com formato livro de bolso, ótimo para ser mostrado, a quem ainda não conhece.
Clevane é psicóloga, jornalista, escritora de muitos títulos e prêmios. Recebeu no Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, primeiro lugar de Poesia e o Troféu aBrace (Uruguai/Brasil) de 2008 e nos XXIII Jogos Florais de Algarve – Portugal,Prêmio Ex-Aequo, Primeiro Lugar de Conto Livre. Em Juiz de Fora, ainda ns Anos 60, ganhou primeiro lugar com sua crônica Contraponto"

Maria Fortuna, Rio de Janeiro, RJ.

domingo, 13 de setembro de 2009

CÍRCULO SEMPRE VICIOSO-Clevane Pessoa

CÍRCULO SEMPRE VICIOSO


Grana, greve,
grave,grito,
grupo,groove,
greta,grilo,
caos,status,
status quo,
casta,costas,
cestos,cistos,
custos,grana.

Hip Hop,
Upa-upa,
oba-oba,maravilha,
a turma da festiva, chegou...

Mas onde estão os que sabem
das coisas certas a se fazer?
Onde estão os formadores de opinião?
E os políticos que em época de eleição
tinham todas as soluções?
Confluir, agir, interagir,
formar a teia mais-que-forte
onde o Outro somos nós,
onde outrem é igual a Alguém
que somos nós.
tão des/iguais...

Das calhas do tempo,
chove um contratempo
a cada minuto...

Resolver, quem há de?

Já descobriram a fórmula científica
da felicidade?
Adrenalina, endorfina, dopamina,
menino vira menina,
casam-se com gêneros similares,
formam lares, criam filhos.
Hormónios, feromônios enganadores?
Novos pares:
talvez melhores,"paidastros", "mãedastras",
mais de uma até:
"maior número de presentes",
"vamos fingir que é bom",
-fazer a manha, exigir tudo
em dupli,triplicata...

Um feixe de peixe,
papel nos ares.
No ano passado, li que
os japones inventaram
peixes eletrônicos
com pedacinhos de músculo artificial encaixado entre os rabos
e os corpos.
Pescadores poderão pescar
sem ter de fritar as postas,
nem levar para a mulher escamar:
pescarão por condicionamento
mania igual a outra qualquer...

Na tradição koinobori (*),
crianças fazem os peixinhos,
as levíssimas carpas de tecido ou papel ,
que depois tremularão num mastro,
coloridas,na frente do azul do céu
parecem nadar no ar,
mas qual na água,
contra a correnteza...

Enquanto meu marido pescava
peixes reais com varas compridas
leves, de carbono,
em vez do antigo bambu da infância,
a esposa-poetisa e desenhista,
tentava captar o atraente movimento
dos peixes orientais,
importados , iguais aos bordados
em seu quimono.

Ao final do dia, ligamos o rádio do carro
e voltamos pelo caminho.
A "greve acabou":por cansaço,
por desesperança
ou a esperança renovou-se
à promessa de migalhas,
sem lembrar que amanhã, os preços dispararão,
os operários sonham com o domingo,
quando também pe(s)carão,
acreditando-se vencedores...

Quanto durará a ilusão?

Clevane Pessoa de Araújo Lopes


(*)Leia sobre a tradição KOINOBORI no site:

www.culturajaponesa.com.br/htm/koinobori.html

Poema publicado originalmente em http://www.clevanepessoa.net/blog.php

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Bienal do Rio, lançamentos de Clevane Pessoa










Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009
Clevane Pessoa lança três livros na Bienal do Rio

Páginas de O Sono das fadas foram bordadas pela Professora e artesã Angélica , irmã da POIETISA Bilá bernardes.

Capa de Olhares , Teares Sabers, que foi prélançado em maio/2009, no Sementes de Poesia, espaço do Museu Nacional da Poesia-MUNAP.Selo Cultura Popular, S.Luiz /MA, ediçõ de Kiko Consulin, Poeta ,radialista e editor.e


Capa de O SONO DAs FADAS:fotos de Marco LLobus sobre bosdados e bonecos em biscuit da Profa. Angélica Rodrigues Santos, artesã mineira,irmã da Cônsul em MG Bilá Bernardes.
O livro será lançado com contação da história,dia 12/09, às 11:30h e apresentação do artesanato, no estande da oficina Editores,/COB-Pavilhão verde-Rua Q 10, Binal do Livro, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ
Prefaciam:L.P.Baçan,webmastr formado em Letras (Vila das Artes), que fez, originalmente, o e-book;Bilá Bernardes(Pedagoga, terapeuta educacional);Brenda Mars(jornalista , educadora de crianças e adolescente)

ew
O CRÉDITO DA fOTO DA CÔNSUL DE POETAS DEL MUNDO CLEVANE PESSOA(Z-C/BELO HORIZONTE, MG/BRASIL) é da Cônsul Brenda Marques Pena, fotógrafa, poeta, performer e jornalista.




EROTÍSSIMA, SELO CATITU /HALT-Série "Azuis".
-CAPA E FORMATAÇÃO DE LLOBUS
Orelhas de Luiz Lyrio.
Apresentação:Claudio Márcio Barbosa
O livro será lançado às 13:45, até 15:15h, no Estande da oficina editora,/COB, organização de Sergio Gerônimo, poeta e editor, presidente da Apperj

Todos são Poetas del Mundo, Cônsules.



.
Postado por Outros Espaços Poéticos às 13:33 0 comentários
Marcadores: Clevane Pessoa lança três livros na Bienal do Rio

Clevane Pessoa de Araújo Lopes toma posse na ALTO em 25/09/2009-Acadêmica Correspondente


Clevane Pessoa, fotografada por Ciléia Botelho.
Comunico aos prezados amigos, confrades e confreiras, que tomarei posse na ALTO no dia 25 de setembro.

O discurso de saudação/recepção aos neo acadêmicos será proferido pela acadêmica ELISA AUGUSTA DE ANDRADE FARINA, Vice- Presidente da Academia de Letras de Teófilo Otoni.



ACADÊMICOS CORRESPONDENTES:


- JEAN ALBUQUERQUE – NOVA VIÇOSA/BA

-JOÃO MARQUES DE OLIVEIRA NETO - PIRAPORA DO BOM JESUS/SP *

- JOÃO SANTOS GOMES – MEDEIROS NETO/BA*

-FRANCISCO SORIANO- RIO DE JANEIRO/RJ

-ALTAMIR FREITAS BRAGA –RIO DE JANEIRO/RJ*

-JOSÉ MOUTINHO DOS SANTOS – BELO HORIZONTE/MG*

-LUIZ PAULO LÍRIO DE ARAÚJO – ARACAJU-SE*

-GESSIMARGOMES DE OLIVEIRA – MONTES CLAROS/MG*

-CLEVANE PESSOA DE ARAÚJO – BELO HORIZONTE –MG*

-ALMIR FERNANES DE SOUZA-NANUQUE/MG

-DANIEL ANTUNES JÚNIOR – BELO HORIZONTE/MG

-NORMA DISNEY SOARES FREITAS-FORALEZA/CE;

-WALTER TEÓFILO ROCHA GARROCHO – BARBACENA/MG.

- HELENA COLEN – LADAINHA/MG.


MEMBROS BENEMÉRITOS:


- THEOMAR SAMPAIO PARAGUASSU – TEÓFILO OTONI*

- GILBERTO OTTONI PORTO - TEOFILO OTONI (estará em viagem ao exterior – será representado pelo filho).



Na solenidade acontecerá o lançamento do 7º número da Revista Literária Café com Letras: órgão oficial da Academia de Letras. Esta edição será uma homenagem à cidade de Teófilo Otoni.



______________

* Já confirmaram presença.

O convite chegou-me através do Confrade prof.Wilson Colares.Agradeço a honra de afiliar-me a essa Academia de MG.

Clevane Pessoa

ASPECTOS URBANOS - IARA ABREU - AMANHÃ 8 DE SETEMBRO





A artista Iara Abreu em seu estúdio, em Belo Horizonte, MG-Brasil seu mural ; ela ;escrevendo poema sobre paz na camiseta de outro poeta (Paz e Poesia de 2009)

Poesia em Toda Parte
Blog usado por Clevane Pessoa para mostrar que a poesia pulsa em diferentes espaços e lugares de ser e estar.

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009
ASPECTOS URBANOS - IARA ABREU - AMANHÃ 8 DE SETEMBRO



ASPECTOS URBANOS - IARA ABREU - AMANHÃ 8 DE SETEMBRO - BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL - ABERTURA A PARTIR DAS 16:00 HORAS

Belo Horizonte, MG

Iara Abreu expões objetos, esculturas, desenhos ,representações de sua arte, além das belas ilustrações de poemas.

Como faço parte desse privilégio de ter minha Poesia ali representada por seus traços cujo estilo tão bem conhecemos, sinto-me honrada por essa ação coletiva e convido a todos.

POETAS que tiveram seus poemas ilustrados por Iara Abreu:


Ana Carol Diniz Andréia Donadon Leal

Angela Togeiro

anITAvalente

Antônio Dayrell Bruno Grossi

Ataneri Veiga

Brenda Mar(que)s Pena

Clevane Pessoa Lopes

Dagmar Braga Dimythryus

Diowani Mendonça

Eduardo Rennó Efrain Bartolomé



Fernando Aguiar Fátima Sampaio
France Gripp Gabriel Bicalho

Ilda Brasil J.B.Donadon-Leal

Jorge de Oliveira Santos

Jorge Emil J.S.Ferreira

Lúcia Brasil Luiz Lyrio

Luiz Otávio Brandão Luiz Edmundo Alves

Marco Aurélio Lisboa Marco Llobus


Marcos Assis Maria Angélica/Bilá Bernardes



Maria de Fátima Reis Martins

Maria Inês Veloso de Abreu

Maria José Cecília de Mello
Maria Moreira Maurício Roque
Max Silva Moreira

Nela Rio Neuza Ladeira

Octávio Roggiero Neto

Paulinho Andrade

Paz Cerrilho Regina Mello

Sebastiana Gomes Campos


Rogério Salgado & Virgilene Araújo

Ronaldo Werneck

Rosângela Gontijo Tânia Diniz

Teresinka Pereira

Waldemar Euzébio Pereira

Wilmar Silva

Yeda Machado Avelar Zanne Neiva




Projeto “Aspectos Urbanos” - setembro de 2009



Estarei na Bienal do Rio, com alguns autores a partir de 10 de setembro (lançamento, às dezenove horas, da antologia O Melhor da Bienal-da Oficina Editores, organizada por Sérgio Gerôninmo, Presidente da APPERJ e ainda , às 20h, o lançamento do livro Objetivo Indefinido, de Maria Moreira ( Conceição, que prefaciei) pela ALL Printe.

No dia 11, os autores de Nós da Poesia estarão lançando, no pavilhão laranja, da ALL Printe , sua antologia, organizada pela jornalista e Poeta Brenda Mars.

Em 12/09/, lançarei O Sono das Fadas com contação de histórias , no Estande Laranja, Rua "Q", da Oficina Editora/COB, quando apresentarei as páginas bordadas e os bonecos criados pela artesã mineira Angélica Rodrigues Santos- que, fotografados por Marco LLobus, ilustram o livro.Será a partir de 11:30.

ÀS 13:45 do memso dia, lançarei o livro de poesia e prosa, Erotíssima.

Os dois têm selo Catitu/~Halt
***>>><<<***>>><<***

Recebi a lista e a chamada para a mostra de Iara Abeu, do Poetamigo Antonio Dayrell, autor dp livro POESIA PARA PARAR O TEMPO. Poemário, em capa verde, primorosa edição do autor, ilustrado por Iara Abreu.

Conheça o blog: http://antoniodayrell.blogspot.com

Depois do concorrido lançamento em Lagoa da Prata, haverá oitro(s) em belo Horioznte, onde o Poeta tem muitos amigos e em outras cidades.

Ele participa ainda da antologia Meninos ME de Tânia Diniz (Edições Alternativas).
Postado por Outros Espaços Poéticos às 09:24 0 comentários
Marcadores: ASPECTOS URBANOS - IARA ABREU - AMANHÃ 8 DE SETEMBRO
Domingo, 6 de Setembro de 2009
Objetivo Indefinido





Conceição lendo seus poemas.




Maria Moreira (a nossa Conceição), no Restaurante D.Preta, em julho de 2009.




Quando Maria da Conceição Moreira Rodrigues pediu-me com aquele ar brejeiro e doce, mas determinado, que prefaciasse seu livo, alegrei-me , pois gosto muito de todos os aspectos que ela apresenta ao mundo, aos amigos, aos observadores:

De uma lado, a mulher madura veste as vestes das vivências
de outro, a menina do campo, traz travas, traves e trajetos
de família , de mineiridade que se reparte em parte campesina,
párte citadina:
e se numa face é mulher completa e atarefada,
de outro traz contemplativa menina
que a tudo olhava com olhar sem antolhos,
e praticamente desnuda, é a artista genuína que nas formas se compraz,
é a poeta que , esteta da palavra, lavra num alguidar antigo,
as quitandas novas de uma exprssão renovada e quente,
saída do forno, integrar-se na multidão...

Então li o livro, que espontaneamente, ajudei a revisar, por hábito de trabalho, mas mais para exercer a irmandade entre mulheres, tão necessárias.No entanto, tal o empenho do artista Adão, companheiro de tanto tempo, pai de seus filhos, que esse vai e vem de versos, tornou-se um crochê forte e singular.Ele é artista, detalhista, amigo dedicado.Ela adormecia longe da cama,esperando que ele completasse algo para mandar-me ou ela ler.i ficava até altas horas, engolfada por esse universos feminino e grácil, capaz de unhar, amildar, amalgamar:resiliente, a poeta e artista ofereceu-me uma grande gamela de POIESIS.

Ao receber a capa, perguntei ao Adão:


"Caro Adão:


A capa do livro é sua, lindíssimo trabalho.O desenho da capa é seu ou da Conceição?Já posso divulgar?
Obrigada por haver colocado meu nome na capa, vcs são muito atenciosos...
É, depois comeoraremos essa trajetória...
Depois, vc pode pensar num álbum do artista, da artista...Precisamos encontrar caminhos para baratear custos ou consegui apoio cultural, leis de incentivo, etc.
Aqui, engolfada em trabalho também.
Clevane

A resposta é um ato de amor cometido pro poetisa, não por accaso sua esposa e mãe de caule e sernos, dois homens frutos desse amor:


Att.

"Caríssima amiga,

A capa é minha, como o projeto gráfico, diagramação, mas,
a saída definitiva em PDF para impressão é do Caule Rodrigues e todas as ilustrações, lindíssimas por sinal,
inclusive o desenho da capa é da nossa autora, Maria Moreira.
Eu selecionei os desenhos, pinturas e até fotos de esculturas e tratei no Photoshop.
Para conseguir aquela unidade toda, mas o mérito original é todo da autora.
Sim, pode divulgar amiga, por favor!! Sua ética é única, minha amiga.

Como eu disse antes, precisamos rir dessa correria toda depois, se não… não vale.

Abração do Adão Rodrigues"

A poeta , conheci-a no Sementes de Poesia, que um espaço d Museu nacional da Poesia.Na edição Noturna, o casal deu carona a mim e à minha amiga Maria Fortuna.
Mostrei ao motorista renomado-o "Jornal do ônibus aqui em Belo Horioznte é dele, e faz isso há muito tempo- um desenho de anos atrás .Ele estava dirigindo, mas ao chegar à minha casa, olhu e disse que o desenho era um poema por si só.Essa afrmativa, animou-me a fazer o Graal Feminino Plural.Eu aprendera desenho na adolescência, na SBAAP, em Juiz de For,a com o Presidente, Pimpinela,sempre desenhara, em criança, sempre desenhei, mas foi por confirar na opinião de tão experiente artista, que animei-me e aceitei o convite de Regina Mello, essa também grande incentivadora que me levara a desenhar novamente ao convidar-me para estar no original.
Conceição vai ao Sementes de Poesia, espaço do MUNAP(Museu Nacional da Poesia), que fica dentro do Parque Municipal em Belo Horiznte, MG, Brasil, e ao microfone, diz seus poemas.Comovo-me ao ver o espírito da Poesia em contante agitação, no seio dessa mulher incansávl, conforme a Diretora do MUNAP a descreve numa orelha do livro.Não é à toa que seu primeiro livro publicado, chama-se Objetivo Indefinido, pois ela nãio é estática nem quer permanecer definida e amarrada a conceitos.Nesno tendo sólidos conceitos éitcos, ecológicos em sentido lato, acompanha as mutações do tempo em muitos vôos.
E, apesar de ser forme e intimorata, é uma poesia notadamente feminina.Entre o parnaso, as musas e os que fazeres de uma cozinha.Faz suas estatuetas, cerâmica,pinta e já criou lindos livros infantis que precisam ser editados.
Tomara quue nesta Bienal do Livro, no Rio de Janeiro-a XIV_ sejam descobertos seus muitos dons.
Postado por Outros Espaços Poéticos às 16:22 0 comentários

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cem Mona Lisas, Com Monalisa, uma de Regina Mello





Mona Lisa abaixo, de Regina Mello, com mais 99 versões de vários artistas, em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais, Brasil,tombada como patrimônio histórico da Humanidade,faz parte da mostra Cem Mona Lisas com Mona Lisa :








Regina Mello (*)é artista plástica, performer, poeta , fotógrafa e dirige o MUNAP_Museu nacional da Poesia, com várias ações e dois espaços fundamentais >a Galeria da Árvore (na Alameda das Bounganvilles) e o Sementes de Poesia (na Praça dos Fundadores), ambos na no Parque Municipal Américo Renê Gianetti- Belo Horizonte.

A mostra será no Museu Casa dos Contos, de Ouro Preto e acontcerá do dia 29 de agosto até 27 de outubro.

MG-Brasil.



Divulgação:
Clevane Pessoa de Araújo Lopes
Diret.Reg..do MUNAP em Belo Horizonte

Alguns dados da artista:

Regina Mello nasceu em Itaúna - MG em 1959, mudou-se para Belo Horizonte em 1969 onde morou até 1997.Mudou-se depois para em Curitiba e ali montou seu ateliê com salas para cursos e exposições.

Hohje, reside novamente na capital mineira, sendo muito ativa em múltiplas ações de Poesia e Arte.Ligada ao coletivo, além de seu trabalho individual, vem realizando inumeras ações com a inlusão de poetas, artistas , performadores, fotógrafos, sendo curadora de vários autores.

"Em 1999

· Curso "Criação Instantânea" com Cláudio Feijó (Festival de Inverno UFMG - Ouro Preto)
· Curso Superior de Escultura (EMBAP - Escola de Música e Belas Artes do Paraná - Curitiba)
· Exposição coletiva de fotografia digital "13° Exposição Internacional de Arte Postal (Casa do Olhar - Secretaria de Cultura de Santo André - SP)


Em 1998

· Curso de extensão "Arte Contemporânea" com Geraldo Leão -(UFPR - Curitiba)
· Curso "Fotografia Digital" com Carlos Fadon e Henrique Lorca (II Bienal Internacional de Fotografia - Fundação Cultural de Curitiba)
· Curso "Caligrafia e Desenho Japonês" com Masanori (Museu Alfredo Andersen - Curitiba)
· Exposição coletiva de desenho (Museu Alfredo Andersen - Curitiba)


1997

· Curso "Washi" papel artesanal japonês com Kamori (Fundação Cultural de Curitiba)
· III Seminário Internacional da Gravura "Brasil Reflexão 97" (Fundação Cultural de Curitiba)
· Instalação de fotografias "Love Parade - Berlim" (Cúpula Cyber Dance Club - Belo Horizonte)
· Exposição individual de fotografias digitais "Fusão, Visão, Ilusão" (Café São Francisco - Belo Horizonte)
· Curso "Sensibilização, Criatividade e Desenvolvimento Pessoal" (Projeto Veredas - Belo Horizonte)
· Orientadora da oficina de artes plásticas e criatividade (Casa das Artes Centro Cultural - Belo Horizonte)
· Exposição individual de pinturas (Espaço Cultural Banco do Brasil - Belo Horizonte)


1996

· Curso "Curadoria de Exposição"- básico (Escola de Governo de MG e Fundação João Pinheiro - Belo Horizonte)
· Curso "Curadoria de Exposição"- especialização (Escola de Governo de MG e Fundação João Pinheiro - Belo Horizonte)
· Exposição individual de pinturas (Cantina Don Filomeno - Belo Horizonte)
· Exposição coletiva de fotografias "Descobrindo BH" (Assembléia Legislativa - Belo Horizonte)
· Selecionada com duas fotografias entre as 300 do concurso "Descobrindo BH".
· Curso "Fotografia Digital" com Carlos Fadon e Henrique Lorca (28° Festival de Inverno UFMG - Ouro Preto)
· Participação na montagem da exposição "waterlilies" do artista alemão Salomé (Galeria da Escola Guignard - Belo Horizonte)
· Exposição coletiva de fotografias (Café São Francisco - Belo Horizonte)


1995

· Participação especial no livro "Die Nummer Sechzig", juntamente com 22 artistas alemães, lançamento outubro 1995 (Galerie auf Zeit - Berlim/Alemanha)
· Exposição coletiva de fotomontagem "SAMISDAT" (Galerie auf Zeit - Berlim/Alemanha)
· Exposição coletiva de colagem 'Gute Worte" (Ruine der Kunste - Berlim/Alemanha)
· Exposição individual de pinturas, fotografias e esculturas "Noite Brasileira" (Galerie im Kabinett - Berlim/Alemanha)
· Especialização em fotografia com o fotógrafo alemão Kurt Buchwald (Berlim/Alemanha)
· Performance com escultura "Pirâmide Itinerante" (46° Bienal de Veneza/Itália)
· Exposição coletiva de objetos (UEMG - Escola Guignard - Belo Horizonte)
· Exposição individual de fotografias "Reichstag Berlim" (UEMG - Escola Guignard - Belo Horizonte)
· Exposição coletiva de fotografia (UEMG - Escola Guignard - Belo Horizonte)
· Workshop "Experiência da Imagem no Mundo" com o fotógrafo alemão Kurt Buchwald (UEMG - Escola Guignard - Belo Horizonte)


1994

· Exposição coletiva de pinturas (SESIMINAS - Belo Horizonte)
· Jurada "Projeto Horta na Escola" - desenho infantil (Prefeitura Municipal de Belo Horizonte)
· Orientadora de pintura e desenho (Associação Mineira de Reabilitação - Belo Horizonte)


1993

· Seminário "História da Pintura no Brasil, século XIX e XX" (Instituto Cultural Itaú - Belo Horizonte)
· Orientadora da oficina de artes (Escola Infantil Bercinho Dourado - Belo Horizonte)


1992

· Curso "Escultura" com Roberto Vieira (24° Festival de Inverno UFMG - Belo Horizonte)
· Workshop "Criatividade" com Mônica Sartori
· Workshop "Pop Up" com Guto Lacáz
· Curadoria e Coordenação do Espaço Cultural "Máscaras" (Belo Horizonte)


1991

· Curadoria e Coordenação do Espaço Cultural "Máscaras" (Belo Horizonte)


1990

· Curadoria e Coordenação do Espaço Cultural "Máscaras" (Belo Horizonte)


1989

· Seminário "Desenho de Jóias" (SENAC - Belo Horizonte)
· Curso "Descondicionamento do Olhar" com Cláudio Feijó (21° Festival de Inverno UFMG - Belo Horizonte)
· Curso "Criatividade" : Papiermaché, Escultura, Pintura e Teatro com Tereza Escobar, Vera Rocha, Nícia Mafra, Maria Emilia Amaral e Enezila Amaral (21° Festival de Inverno UFMG - Belo Horizonte)
· Exposição coletiva de esculturas e objetos (Diretório Acadêmico UFMG - Belo Horizonte)
· Início do Curso de Artes Plásticas (UEMG - Escola Guignard - Belo Horizonte)"

N: As informações de 1989 a 1999 têm por fonte, http://www.netpar.com.br/reginamello/historico.html



A bela artista e poeta, em performance na Galeria da Árvore, no inverno de 2007 .O crédito da foto é de Tarcísio de Paula.
A beleza de Regina ultrapassa o facies, o soma.Por dentro, é iluminada, muito querida por sua atitude ponderada e filosofia de vida, o que atribui ao amadurecer.

Hoje,enviou-me um poema leve, mas forte, encantador mas com a força das marés:

Uma rosa....
Uma rosa de luz
Uma rosa acesa
Para derrubar
Um muro de silêncio

Regina Mello



Clevane Pessoa

sábado, 22 de agosto de 2009

Opiniões sobre Erotíssima, de Clevane Pessoa




lucilene Ianino Lima Peçanha




"Queridos parentes e amigos,

Conheçam toda a magia desta grande escritora, jornalista, psicóloga e grande amiga Clevane Pessoa. Uma mulher fantástica a quem muito tenho que agradecer todo seu apoio, carinho e força...muita força. Esta mulher é de ouro. Uma das pessoas mais sensacionais e fantásticas que já conheci. Um coração do tamanho do mundo. Uma Luz! E que graças ao bom Deus nossos caminhos foram cruzados e acreditem, através de um grande amigo que está em Portugal. Enfim, a sensibilidade em "Pessoa".
E vem ai mais uma de suas obras que com certeza, cheia de palavras emocionantes onde poderemos nos deliciar em seus poemas.
Para ela, Clevane Pessoa, uma foto que considero a visualização daquilo que procuramos adivinhar sobre nossos sentimentos.
Decifra-me pelas bolhas! Quem sabe em uma delas possa existir uma "Erotíssima" em que nos identificamos.
Beijos no coração de todos".Lu Peçanha.
(*)

http://lupecanha.blospot.com


Lucilene Peçanha








Clevane escreve:
Prezados amígos:

Saudações cordiais.

Segue o release do EROTÍSSIMA, que será lançado na Bienal do Livro, no Rio de janeiro, em evento organizado pelo poeta e editor Serguio Gerônimo, da Oficina Editora e Presidente da APPERJ, abrindo espaço para escritores e edições inclusive de outras editoras.

Marco Llobus mandou-me a capa do Erotíssima, criada por ele, a partir da fotografia de um pétala de rosa côncava.

Os traços em vermelho podem invocar sangue, esmalte ou batom.

Erotíssima é o primeiro de uma trilogia, escrita por Clevane Pessoa de Araújo Lopes . O livro, que é em prosa e versos, mostra-se simplemente diferente, não segue nenhum padrão- exceto a vontade de apresentar a mulher erótica,sensual, sem nada pesado ou pornográfico.
Segue a capa do Erotíssima e o release.
Você, por especial favor, por encaminhar às revistas e jornais que puder e encaminhar-me quando eu mesma tiver de contactar."

Clevane


EROTÍSSIMA

Release.


A escritora e poeta Clevane Pessoa de Araújo Lopes, que é psicóloga e desenhista, aos 62 anos de idade,no livro EROTÍSSIMA abre as comportas de um sutil erotismo, onde busca estar no limiar entre a sensualidade plena , sem ultrapassar limites que descambem para a pornografia.Isso não significa moralismos de qualquer espécie, apenas obedece à sua estilística.
Desde a capa, com fotografia de uma pétala de rosa, sugestivamente côncava e duas marcas em vermelho-que podem se sangue,batom ou esmalte, idealizada por Marco LLobus (*),
Inicialmente, mantinha o blog de mesmo nome (http://erotissima.blogspot.com) e publicava em sites ou blogs outros, esse derrame essencialemnte feminino.Ao entrevistar mulheres que escrevem poesia, com mais de 50 anos, observou que quando mais jovens , temem liberar publicamente seus textos, em prosa ou versos.Essas entrevisas serão publicadas no livro-álbum POIETISA ( o neologismo baseia-se na POIESIS grega), que foi aprovado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, onde ela, nordestina, reside - e que desenvolve com o Poeta e Fotógrafo Marco LLobus, presidente da Rede de Cultura Catitu..Ao analisar a trajetória de vida das poetas, perceberam que muitas apenas depois de separações conjugais ou viuvez, as mulheres passam a escrever sem peias.

Com a liberdade facilitada pela Internet, a autora percebe e relata o quanto as mulheres ( quais os homens!) se soltaram para escrever poemas ousados, muitas protegidas pelo anonimato, pelos nicks.

E então, assina os seus com o nome completo, livre e segura para a sensualidade expressa associada à beleza.

Esse livro , POIETISAS, será publicado ainda em 2009 e terá continuidade num subsequente que abordará mulheres de 30 a 40 anos e assim sucessivamente, até chegar às adolescentes.
Em EROTÍSSIMA, Clevane Pessoa usa a prosa e o versos - e faz ainda uma análise das nova liberdade amorosa experenciada , neste Terceiro Milênio, desde o advento da Internet.

Ainda na juventude,Clevane Pessoa escreveu:

Mais sensual que é eu, só Deus ,
que fez o Bem
e permitiu o Mal
e tem
os sentidos
mais aguçados que os meus.


A autora recebeu vários prêmios e classificações em certames litrários , desde a juventude.Um deles, em 2001, o Primeiro Lugar de Conto Livre, no Algarve, em Portugal, Pêmio Ex-Aeqüo .

Possui quatro livros de poemas, um de contos (Mulheres da Sal, Água e Afins-<strong>Edit.Urbana, Rio de Janeiro/Libergráfica/BH ) e , no compêndio Adolescência, Aspectos Clínicos e Psicossociais,coordenado pelos Drs.Maria da Conceição de Oliveira Costa e Ronald pqagnicelli-ARTMED/RS - é co-autora nos capítulos de Sexualidade e Homossexualidade na Adolescência.

Publicou 20 e-books, entre os quais , Nas Velas do Tempo onde narra suas aventuras de repórter em plena ditadura.

Nos Anos 60,militou na imprensa de Juiz de Fora/MG e foi co-proprietária do tablóide Urgente, como editora de Arte e Literatura.
Transita livremente peelos gêneros litrários, tendo aprendido a fazer trovas com o avô, o jornalista Luiz Máximo de Araújo,falecido .Gosta de escrever cordel, sonetos, haikais, poemas livres, crônicas, contos e assuntos de psicologia.

Neste ano de 2009, recebeu o maior prêmio do Movimento Cultural aBrace,o troféu 2008,uma bela estatueta criada por artista uruguaio, pelo seu trabalho literário e de divulgação cultural no ano cito, tomou posse na ALB/Mariana , Cadeira 11, Jornalista Laís Correa de Araújo,e recebeu o título de Doutora em Filosofia Universal /PH.I, Filósofa Universal Honoris Causa ", o presidente Dr.Mário carabajal, indicada pela Presidente da ALB/Mariana, Dra.Andréia Donadon.

Em reconhecimento à sua produção univérsica filósofo/literária de efeitos e repersusões internacionais", pela ALB e pela CONALB.

Também é Poeta Honoris Causa pelo Clube Brasileiro de Língua Portuguesa, para oito países lusófonos, Vice-Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL), Diretora Regional do InBRasCI (Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais) ,membro da Sociedade de Poetas Vivos e Afins do RN, em Natal, ,da Academia de Trovas do RN,do Movimento Cultural Vir-Arte, do Rio Grande do Sul, é Patrona da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores,entre outras afiliações.Em 2008 foi eleita para a cadeira número 05, Cecília Meirelles, na Academia Feminina Mineira de Letras (AFEMIL) em Belo Horizonte, MG.Intgra o Museu Nacional da Poesia (MUNAP) .Também é militante pela Paz, sendo um dos Embaixadores Universais da Paz,pelo Cercle de Les Ambassadeurs Univ.de La Paix, Genebra, Suiça.
A autora já trabalha no segundo volume da série de erotismo, que será uma trilogia. No momento sua exposição de poemas e desenhos, "GRAAL Feminino Plural", que teve início, em forma de banneres, na Galeria da Árvore, do MUNAP, em Belo Horizonte,MG, e percorre os Centros Culturais da Fundação Cultural de Belo Horizonte, está na de Venda Nova, na Região Metropolitana da capital mineira .
Foi convidada a participar do memorial da Mulher Potiguar, em Natal, e receberá uma homenagem da SPVA/RN.

(*) Marco LLobus (com dois "L" mesmo) é o Presidente da Rede Cultural Catitu, que inaugura o selo CATITU editorial, com esse livro de Clevane Pessoa e também com o de Litratura Infantil, O SONO DAS FADAS, da mesma autora. .



A autora já trabalha no segundo volume da série de erotismo, que será uma trilogia. No momento sua exposição de poemas e desenhos, "GRAAL Feminino PLural", que teve início, em forma de banneres, na Galeria da Árvore, do MUNAP, em Belo Horizonte,MG, e percorre os Centros Culturais da Fundação Cultural de Belo Horizonte, está na de Venda Nova, na Região Metropolitana.
Foi convidada a participar do memorial da Mulher Potiguar, em Natal, e receberá uma homenagem da SPVA/RN.

(*) Marco LLobus (com dois "L" mesmo) é o Prsidente da Rede Cultural Catitu, que inaugura o selo CATITU editorial, com esse livro de Clevane Pessoa e tamb´-em com o de Litratura Infantil, O SONO DAS FADAS, da mesma autora. .






1)LU Peçanha nos envia uma de suas belas fotografias (as mãos e a bola com bolhas).Essa fotógrafa e psicóloga, acaba de chegar de Portugal, onde foi para o lançamento d Olhar a Nu, uma antologia só de fotpografas, ela a única brasileira presente e que fpoo recepcionada pelo Chanceler do InBrascI Edison Pereira de Almeida, que foi da Ilha da Madeira especialemnte para tal.
Veja as belas fotos do evento em
http://lupecanha.blogspot.com

2) A capa de Erotíssima é do presidente da Rede Catitu,Marco Llobus, sobre foto sua.

3)Minha foto com a maçã, do haloweeen de out/2008, em casa da Poietisa Neuza ladeira,tem crédito de Brenda Mars, Presidente do IMEL.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Nódoas do tempo-Maria Fortuna


Acessem o endereço abaixo e encontrarão um belo poema em um interessante jogo de imagens em movimento.Bom lembrar que a autora adora borboletas.


www.meusonho.biz/flash/norina/nodoas_do_tempo.swf - Similares

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Do tamanho do Mundo-Bilá Bernardes




Foto:Cactus
Crédito:Rachel Ellis - IS

Veja mais as belas fotografias em preto e branco, em www.isbrasil.org.br/.../pages/aqccfotos.htm

---------------------------------------------------------

No Arraial do Boi Rosado, que aconteceu no Parque Municipal Américo Renê Gianetti, houve um varal de poemas e no tema, poetas escreveram versos no mote "O sertão é maior que o mundo" .

A Cônsul de Poetas del Mundo em Minas Gerias, Bilá Bernardes,

Do tamanho do Mundo

é o sertão
quedando morro acima
ou morro abaixo
matéria vertente
força das gerais
vida em aprendendo sente

da secura brotando verde
brotam também
grotadas, veredas
se avizinham aves
andanças e vôos
no ar do respiro
profundo

o sertão é
do tamanho do mundo
é o próprio mundo
que habita o coração

o pensamento a margem
e o profundo
do ser no
ser tão gente

homem no mundo
mundo em cada homem
o sertão e o homem
renascem da seca
e crescem
do tamanho do mundo

Bilá Bernardes

Belo Horizonte, MG-Brasil

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Concurso de Poemas da Curadoria de Literatura -FESTINVERNO Ouro Preto/Mariana-Resultado




Contatos:
literaturafestinverno@hotmail.com



Amigos:
Compartilho essa alegria (bom demais ver um dos filhos poéticos classificado e ainda ver junto a nós o nome dos grandes poetas amigos!...Congratulações a todos!)

Clevane Pessoa

N:Acabo de receber um informe de Darlan Tupinambá Padilha, divulgador Cultural, poeta e Embaixador Universal da Paz.
Fico então, sabendo que o casal Donadon-Leal, Dr. J.B.Donadon e Dra.Andreia Leal, fizeram parte desse júri.Isso muito nos honra, dada a excelência de seus saberes.

Será impressa uma antologia e os poemas também serão distribuídos durante o Festival de Inverno, a aprtir do dia 22 de julho.


Abraços, boa semana:

Clevane

Resultado do Concurso Poemas "O chão de Nossa Terra".

FESTINVERNO Ouro Preto/Mariana

Concurso de Poemas da Curadoria de Literatura

Tema :"O Chão de Nossa terra"

Resultados
Os critérios de avaliação do concurso, com temática "O Chão de Nossa Terra", foram: criatividade, literalidade e conteúdo. A Comissão Julgadora selecionou dois textos para a categoria infanto-juvenil, dez textos para a categoria adulto e mais 20 textos, sem ordem classificatória, todos para impressão e divulgação no Festival.
Todos os classificados e selecionados obtiveram nota igual ou superior a 70% dos pontos e terão seus textos impressos e distribuídos no Festival no período de 22 a 26 de julho.
Haverá certificados para todos os que participaram do concurso, basta enviarem nome e endereço completo para o e-mail literaturafestinverno@hotmail.com, aos cuidados de Cláudia Pereira.


Confira la ista dos classificados:


CATEGORIA INFANTO-JUVENIL
1° lugar: Brasil, Terra Viva – idade 12 anos – Giselle Aparecida de Souza Rezende – Ouro Preto-MG
2° lugar: Terra Mineira – 11 anos – Iris Waira Costa E. Silva – Ouro Preto – MG


ADULTO


1° lugar: O Chão de Nossa Terra – Clevane Pessoa de Araújo Lopes – Belo Horizonte- MG
2° lugar: Travessia – Fabrício Donizete da Costa – São Roque de Minas – SP
3° lugar: Paisagem de Inverno – Jacqueson Alberto Rodrigues - Ouro Preto- MG
4° lugar: O Chão da Nossa Terra – Aníbal Albuquerque – Varginha – MG
5° lugar: Essências naturais do chão da terra – Romir Fontoura – Mariana - MG
6° lugar: A beleza que desterra, no pano de fundo do chão da terra – Romir Fontoura - Mariana – MG
7° lugar: Minha Terra – Angela Togeiro – Belo Horizonte – MG
8° lugar : Sem Título – Pedro Eustáquio Correa Gonzaga – Belo Horizonte – MG
9° lugar: Hino a Minas Gerais – José Nogueira da Silveira Reis – Belo Horizonte - MG
10° lugar – Nosso Chão – Maria das Graças Araújo Campos – Belo Horizonte - MG
página no site Festival de Inverno:

http://www.festivaldeinverno.ufop.br/2009/home.php?idp=noticias






Página no site Festival de Inverno:

http://www.festivaldeinverno.ufop.br/2009/home.php?idp=noticias

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A POIETISA MISS JAZZ -Lívia Tucci convida você a ver um vídeo-SUMERTIME




Na foto ao ar livre,da direita para a esquerda,Lívia Tucci,Aníbal Albuquerque e eu,Clevane Pessoa - no lançamento de meu novo livro (Olhares,Teares,Saberes-ed.Popular/São Luiz,MA)),Lívia-que fez uma interessante interpretação de um dos meus poemas,acompanhada por Tânia Diniz,Aníbal Albuquerque,, que veio de Varginha a Belo Horizonte, especialmente para participar do Sementes de Poesia(*) ,na Praça dos Fundadores,organizado por Regina Mello,nossa Poietisa e Diretora do Museu Nacional da Poesia-MUNAP.


Lívia tem ricas vidas paralelas :a de artista cantora de jazz,a professora de inglês, a Poeta,a Poietisa.E sabe ser uma amiga mui gentil e solidária.(Clevane)

Conheça sua bela voz neste víedo (YouTube):



http://www.sonico.com/videos_detail.php?etid=73&vr=1&u=28682396&v=870138#VMB870138

Divulgação:

Clevane Pessoa

Diret.Regional do InBrasCi,divulgação do MUNAP,vice- presidente do IMEL

Angela Togeiro em Mariana no FESTINVERNO








A Poietisa Angela Togeiro recuperou-se a tempo de ir ao Belô Poético e fazer parte das oficinas de haikai ministradas por J.B.Donadon-Leal e Andreia ,no FESTINVERNO de Mariana.O frio rigoroso fizera piorarum problema álgico.Felizmente,volta ao convívio dos amigos e das muitas ações pela poesia .


"Participantes da oficina - Presença ilustre de Ângela Togeiro - Membro da AMULMIG e AFEMIL

Oficina: nas sendas brasileiras do haicai
16 de julho de 2009 - Sala 20 - Escola de Minas, Ouro Preto, MG"

Fonte:Aldrava Cultural,enviado por Andreia Donadon,Presidente da ALB/Mariana

Foto :enviada pela mesma,também Governadora doInBRasCi/MG

domingo, 12 de julho de 2009

Graça Campos


Regina Mello, que além de artista visual, performer e "poietisa" é ótima fotógrafa, manda-me neste domingo,a foto de Graça Campos comigo.Estávamos na FUMEC, após a bela solenidade de premiação (vide o que escrevi abaixo e publiquei em http://clevanepessoa.net/blog.php), no coquetel de congraçamento.

Emocionada, a artista e poietisa estava lá porque sua filha, Karina Campos, foi uma das sete finalistas.Fazia-se acompanhar das filhas (além de Karina,Viviane, como ela, formanda em psicologia, e a jornalista Luciana ),os genros e a netinha Luiza.

A contista, sobre um vestido preto, usava uma estola branca,feita pela mãe .
Ontem, 09 de julho, a Universidade FUMEC realizou uma bela e significativa cerimônia de entrega do seu 1º Prêmio de Literatura.


FUMEC-Prêmio de Literatura



Acadêmicos e alunos outros ,não apenas da capital mineira, concorreram: "de alcance nacional, o concurso foi idealizado com o objetivo de incentivar a leitura e a produção literária no país, prestigiando obras inéditas de estudantes de todo o Brasil. Em sua primeira edição, o gênero escolhido foi o conto. "

O certamente foi apertado, com os textos avaliados por um excelente corpo de jurados:

"Alunos de ensino médio e superior enviaram seus trabalhos, avaliados por comissão julgadora composta pelo doutor em Literatura Comparada e professor do mestrado em Administração da Universidade FUMEC, Luiz Cláudio Vieira de Oliveira; pela doutora em Literatura Comparada e professora da Faculdade de Letras da UFMG, Haydée Ribeiro Coelho, e pelo escritor Ronald Claver, autor de 11 livros."

Estes autores estiveram ontem no palco da FUMEC (auditório Fênix), em franco diálogo com os sete finalistas e entrevistados pelo mestre de cerimônias, Gonzaga Medeiros, que , muito elegante em seu terno bem talhado, mostrava outra de suas muitas faces.E a cada palavra ou opiema instigadora, também dizia poemas de sua autoria.

Segundo o informe da própria universidade, http://www.fumec.br/noticias/detalhes.php?notId=439 )os membros (do Júri) "observaram a originalidade da obra, a criatividade artística, a adequação da linguagem e sua qualidade literária.

Os sete contos premiados, que conquistaram os cinco primeiros lugares e duas menções honrosas, foram compilados no livro Da Palavra à Literatura: narrativas contemporâneas, coordenado pelo professor Oliveira e publicado pela Universidade." Euas os contisras e seus contos:



“O Coronel e o cinema”, de Arildo Ferreira Hostalácio;

“Comercial de Margarina”, de Carmen Aline Álvares Nogueira;

“A Coisa”, de Gracilene Maria de Carvalho;

“Guerra íntima”, de Karina Araújo Campos;

“Marciano”, de Laura Cohen Rabelo;

“Modelo exclusivo”, de Marlene Reis Tavares;

e“Cecília”, de Rodrigo Cardoso Dias."


"De acordo com o reitor da FUMEC, professor Antonio Tomé Loures, o Prêmio é uma forma de estimular a criação e o talento de jovens que têm afinidade com a literatura. "A universidade tem um papel muito importante no desenvolvimento da imaginação dos jovens. Temos que motivá-los a investir na escrita a partir de iniciativas como essa. A arte, em especial a literatura, engrandece o ser humano", destaca Tomé Loures:

“A publicação dos textos em forma de livro torna-os acessíveis a outros estudantes, a outros leitores”, completa. A instituição de ensino distribuirá centenas de exemplares entre bibliotecas e escolas públicas."

O reitor não escondia o seu contentamento e ao tomar a palacra, pediu licença aos escritores presentes, por não ser da área.
Entretanto, expressou-se com bela retórica.

Os premiados foram homeageados pelo Coral da FUMERC_de alunos, mestres e funcionários- com um repertório muito gostoso e interpretação animada (*), sob a ciondição do Maestro Lindomar Gomes.

Tudo na medida certa, a programação cumpriu suas metas sem cansar o píblico.

A seguir, foi servido um coquetel de congraçamento e os presentes receberam livros, que os autores autografaram.

Bela iniciativa. Lembrei -me que , há três décadas, na I Mostra de Arte e Poesia da FUNEV, compareci com telas a óleo, e poemas escritores em posteres manuais.O sarau foi lindo, à luz de velas.Eu cursava o último ano de Psicologia, quando esa faculdade ainda funcionava Colégio Santo Agostinho.Um de meus poemas foi pedido para ser lido na nossa colação de grau -como eu cumpria grade curricular em dois turnos, fui uma espécie de elo, entre as turmas de formandos.O poema chamava-se "Aos Meus Pacientes, Amanhã"

Entre os convidados , além dos parentes e da Secretária Municipal de Educação estava Regina Mello, representando o Museu Nacional da Poesia-MUNAP e o Maestro Andersen Viana, comemorando a extensão de sua Música até à Bulgária.

Esperemos que esse certame, torne-se um hábito na FUMEC e que outras faculdades sigam-lhe o exemplo, pois quando um autor iniciante se vê publicado, tem maior incentivo a ingressar na carreira literária.


Fonte do textos entre aspas:Assessoria de Imprensa:
Universidade FUMEC - Setor de Comunicação e Marketing
Clara Bello (Reg. Prof. nº 8277) – (31) 3269 5266
Raquel Salomão (Reg. Prof. nº 5539) – (31) 3269 5271
universidadefumec@gmail.com

Divulgação neste blog:
Diretoria Regional do inBrasCi em Belo Horizonte, MG




Na quinta feira feira 09 de julho, a Universidade FUMEC realizou uma bela e significativa cerimônia de entrega do seu Ontem, 09 de julho, a Universidade FUMEC realizou uma bela e significativa cerimônia de entrega do seu 1º Prêmio de Literatura.

Acadêmicos e alunos outros ,não apenas da capital mineira, concorreram: "de alcance nacional, o concurso foi idealizado com o objetivo de incentivar a leitura e a produção literária no país, prestigiando obras inéditas de estudantes de todo o Brasil. Em sua primeira edição, o gênero escolhido foi o conto. "

O certamente foi apertado, com os textos avaliados por um excelente corpo de jurados:

"Alunos de ensino médio e superior enviaram seus trabalhos, avaliados por comissão julgadora composta pelo doutor em Literatura Comparada e professor do mestrado em Administração da Universidade FUMEC, Luiz Cláudio Vieira de Oliveira; pela doutora em Literatura Comparada e professora da Faculdade de Letras da UFMG, Haydée Ribeiro Coelho, e pelo escritor Ronald Claver, autor de 11 livros."

Estes autores estiveram ontem no palco da FUMEC (auditório Fênix), em franco diálogo com os sete finalistas e entrevistados pelo mestre de cerimônias, Gonzaga Medeiros, que , muito elegante em seu terno bem talhado, mostrava outra de suas muitas faces.E a cada palavra ou opiema instigadora, também dizia poemas de sua autoria.

Segundo o informe da própria universidade, http://www.fumec.br/noticias/detalhes.php?notId=439 )os membros (do Júri) "observaram a originalidade da obra, a criatividade artística, a adequação da linguagem e sua qualidade literária.

Os sete contos premiados, que conquistaram os cinco primeiros lugares e duas menções honrosas, foram compilados no livro Da Palavra à Literatura: narrativas contemporâneas, coordenado pelo professor Oliveira e publicado pela Universidade." Euas os contisras e seus contos:



“O Coronel e o cinema”, de Arildo Ferreira Hostalácio;

“Comercial de Margarina”, de Carmen Aline Álvares Nogueira;

“A Coisa”, de Gracilene Maria de Carvalho;

“Guerra íntima”, de Karina Araújo Campos;

“Marciano”, de Laura Cohen Rabelo;

“Modelo exclusivo”, de Marlene Reis Tavares;

e“Cecília”, de Rodrigo Cardoso Dias."


"De acordo com o reitor da FUMEC, professor Antonio Tomé Loures, o Prêmio é uma forma de estimular a criação e o talento de jovens que têm afinidade com a literatura. "A universidade tem um papel muito importante no desenvolvimento da imaginação dos jovens. Temos que motivá-los a investir na escrita a partir de iniciativas como essa. A arte, em especial a literatura, engrandece o ser humano", destaca Tomé Loures:

“A publicação dos textos em forma de livro torna-os acessíveis a outros estudantes, a outros leitores”, completa. A instituição de ensino distribuirá centenas de exemplares entre bibliotecas e escolas públicas."

O reitor não escondia o seu contentamento e ao tomar a palacra, pediu licença aos escritores presentes, por não ser da área.
Entretanto, expressou-se com bela retórica.

Os premiados foram homeageados pelo Coral da FUMERC_de alunos, mestres e funcionários- com um repertório muito gostoso e interpretação animada (*), sob a ciondição do Maestro Lindomar Gomes.

Tudo na medida certa, a programação cumpriu suas metas sem cansar o píblico.

A seguir, foi servido um coquetel de congraçamento e os presentes receberam livros, que os autores autografaram.

Bela iniciativa. Lembrei -me que , há três décadas, na I Mostra de Arte e Poesia da FUNEV, compareci com telas a óleo, e poemas escritores em posteres manuais.O sarau foi lindo, à luz de velas.Eu cursava o último ano de Psicologia, quando esa faculdade ainda funcionava Colégio Santo Agostinho.Um de meus poemas foi pedido para ser lido na nossa colação de grau -como eu cumpria grade curricular em dois turnos, fui uma espécie de elo, entre as turmas de formandos.O poema chamava-se "Aos Meus Pacientes, Amanhã"

Entre os convidados , além dos parentes e da Secretária Municipal de Educação estava Regina Mello, representando o Museu Nacional da Poesia-MUNAP e o Maestro Andersen Viana, comemorando a extensão de sua Música até à Bulgária.

Esperemos que esse certame, torne-se um hábito na FUMEC e que outras faculdades sigam-lhe o exemplo, pois quando um autor iniciante se vê publicado, tem maior incentivo a ingressar na carreira literária.


Fonte do textos entre aspas:Assessoria de Imprensa:
Universidade FUMEC - Setor de Comunicação e Marketing
Clara Bello (Reg. Prof. nº 8277) – (31) 3269 5266
Raquel Salomão (Reg. Prof. nº 5539) – (31) 3269 5271
universidadefumec@gmail.com

Diculgação neste blog:
Diretoria Regional do inBrasCi em Belo Horizonte, MG
.

Acadêmicos e alunos outros ,não apenas da capital mineira, concorreram: "de alcance nacional, o concurso foi idealizado com o objetivo de incentivar a leitura e a produção literária no país, prestigiando obras inéditas de estudantes de todo o Brasil. Em sua primeira edição, o gênero escolhido foi o conto. "

O certamente foi apertado, com os textos avaliados por um excelente corpo de jurados:

"Alunos de ensino médio e superior enviaram seus trabalhos, avaliados por comissão julgadora composta pelo doutor em Literatura Comparada e professor do mestrado em Administração da Universidade FUMEC, Luiz Cláudio Vieira de Oliveira; pela doutora em Literatura Comparada e professora da Faculdade de Letras da UFMG, Haydée Ribeiro Coelho, e pelo escritor Ronald Claver, autor de 11 livros."

Estes autores estiveram ontem no palco da FUMEC (auditório Fênix), em franco diálogo com os sete finalistas e entrevistados pelo mestre de cerimônias, Gonzaga Medeiros, que , muito elegante em seu terno bem talhado, mostrava outra de suas muitas faces.E a cada palavra ou opiema instigadora, também dizia poemas de sua autoria.

Segundo o informe da própria universidade, http://www.fumec.br/noticias/detalhes.php?notId=439 )os membros (do Júri) "observaram a originalidade da obra, a criatividade artística, a adequação da linguagem e sua qualidade literária.

Os sete contos premiados, que conquistaram os cinco primeiros lugares e duas menções honrosas, foram compilados no livro Da Palavra à Literatura: narrativas contemporâneas, coordenado pelo professor Oliveira e publicado pela Universidade." Euas os contisras e seus contos:



“O Coronel e o cinema”, de Arildo Ferreira Hostalácio;

“Comercial de Margarina”, de Carmen Aline Álvares Nogueira;

“A Coisa”, de Gracilene Maria de Carvalho;

“Guerra íntima”, de Karina Araújo Campos;

“Marciano”, de Laura Cohen Rabelo;

“Modelo exclusivo”, de Marlene Reis Tavares;

e“Cecília”, de Rodrigo Cardoso Dias."


"De acordo com o reitor da FUMEC, professor Antonio Tomé Loures, o Prêmio é uma forma de estimular a criação e o talento de jovens que têm afinidade com a literatura. "A universidade tem um papel muito importante no desenvolvimento da imaginação dos jovens. Temos que motivá-los a investir na escrita a partir de iniciativas como essa. A arte, em especial a literatura, engrandece o ser humano", destaca Tomé Loures:

“A publicação dos textos em forma de livro torna-os acessíveis a outros estudantes, a outros leitores”, completa. A instituição de ensino distribuirá centenas de exemplares entre bibliotecas e escolas públicas."

O reitor não escondia o seu contentamento e ao tomar a palacra, pediu licença aos escritores presentes, por não ser da área.
Entretanto, expressou-se com bela retórica.

Os premiados foram homeageados pelo Coral da FUMERC_de alunos, mestres e funcionários- com um repertório muito gostoso e interpretação animada (*), sob a ciondição do Maestro Lindomar Gomes.

Tudo na medida certa, a programação cumpriu suas metas sem cansar o píblico.

A seguir, foi servido um coquetel de congraçamento e os presentes receberam livros, que os autores autografaram.

Bela iniciativa. Lembrei -me que , há três décadas, na I Mostra de Arte e Poesia da FUNEV, compareci com telas a óleo, e poemas escritores em posteres manuais.O sarau foi lindo, à luz de velas.Eu cursava o último ano de Psicologia, quando esa faculdade ainda funcionava Colégio Santo Agostinho.Um de meus poemas foi pedido para ser lido na nossa colação de grau -como eu cumpria grade curricular em dois turnos, fui uma espécie de elo, entre as turmas de formandos.O poema chamava-se "Aos Meus Pacientes, Amanhã"

Entre os convidados , além dos parentes e da Secretária Municipal de Educação estava Regina Mello, representando o Museu Nacional da Poesia-MUNAP e o Maestro Andersen Viana, comemorando a extensão de sua Música até à Bulgária.

Esperemos que esse certame, torne-se um hábito na FUMEC e que outras faculdades sigam-lhe o exemplo, pois quando um autor iniciante se vê publicado, tem maior incentivo a ingressar na carreira literária."


Fonte do textos entre aspas:Assessoria de Imprensa:
Universidade FUMEC - Setor de Comunicação e Marketing
Clara Bello (Reg. Prof. nº 8277) – (31) 3269 5266
Raquel Salomão (Reg. Prof. nº 5539) – (31) 3269 5271
universidadefumec@gmail.com

Diculgação neste blog:
Diretoria Regional do inBrasCi em Belo Horizonte, MG

Regina Mello e Clevane Pessoa




Aqui, antes minha posse na Academia de Letras do Brasil-ALB/Mariana, cadeira número 11, Laís Correa de Araújo, quando também recebi o título de Filósofa Imortal Honoris Causa, Doutora em Filosofia PH.I, pelo CONALB (Conselho Nacional das Academias de Letras do Brasil) e pela ALB, das mãos de seu Presidente, o Dr.Mário Carabajal, poso com a artista plástica fotógrafa e Poietisa, Regina Mello, Diretora do MUNAP (Museu nacional da Poesia).

Em 30 de maio de 2009-Mariana-MG

sábado, 11 de julho de 2009

EUNANET publica "Desenhos de Clevane Pessoa em Jornal Aldrava"




Imprensa Revista zaP!
responder aImprensa Revista zaP!

A jornalista Elisabeth Misciasci, uma das Embaixadoras da paz, pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz, por Genebra, na Suiça, encaixa-me em muitas de suas publicações virtuais(Revista zaP, AkkitemArte, Eunanet), o que é , para mim , motivo real de penhorados agradecimentos.Ela própria é poeta e nosso conhecimento, virtual, começou quando ela escrevia o livro "Presidio de Mulheres" e nos convidou para jurada de um impactuanete concurso literário em prosa e versos, através do qual as "reeducandas" conccorríam com seu desespero, amargura, esperança, fé ou desencantos.

Dessa feita, mostra a Galeria de Arte do Jornal Aldrava, de Mariana, onde poso ao lado de alguns dos desenhos da expo "Graal feminino Plural", que começou passando o mês de março e o inpício de abril, na Galeria da Árvore,espaço do MUNAP(Museu Nacional da Poesia *), a convite da sua diretora, Regina Mello, uma das nossas "POIETISAS".

No momento, a mostra, toda em banneres elaborados por Marco Llobus, nosso companheiro nesse trabalho, POIETISAS, com meus poemas e desenhos, está no centro cuiltiral S.bernardo e depois fará um circuito entre os centros culturais da cidade, points de cultura da prefeitura Municipal de Belo Horizonte..

><><><><

Eis o comunicado da Beth Misciasci e naveguem até lá, pois há muitos autores de peso, os simples, os renomados:

Para Clevane Pessoa ,
clevane pessoa de araÿfffffajo lopes ,
Clevane lopes

data 7 de julho de 2009 17:55
assunto A/C- Clevane Pessoa
enviado por revistazap.org



http://www.eunanet.net/beth/akkitemarte/clevane_pessoa_jornalaldrava.php


"Cle, amiga linda no link acima a publicação do artigo referente á:
Desenhos de Clevane Pessoa em Jornal Aldrava
Dentro de algumas horas, estaremos divulgando em Boletim.
Beijão e carinho, amiga do coração
Beth"

*Elizabeth Misciasci - Jornalista, Humanista, Escritora, Pesquisadora.
*Embaixadora Universal da Paz no âmbito do Círculo Universal dos Embaixadores da Paz.
Cercle Universel Des Ambassadeurs De La Paix - Suisse/France
*Membro Correspondente da Governadoria da InBrasci no Estado de São Paulo
- Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais -
*Cônsul Cidade de São Paulo - Poetas do Mundo -Brasil. -ID 2860

(*) Amanhã, 12 de julho, mais uma edição do Sementes de Poesia, do MUNAP (Museu nacional da poesia, ditigido por Regina Mello), das 10h ao meio dia, no Parque Municpal Américo Renê Gianetti(Praça dos Fundadores).

"Poietisas" e poetas, amantes da poesia, compareçam.

domingo, 5 de julho de 2009

Borboleta Desfolhada- livro da grande "Poietisa" Líria Porto.






Líria Porto nos comunica o lançamento de seu livro,Borboleta Desfolhada, pela editora portuguesa Canto Escuro - ela que nos encanta e que possui uma das vozes poéticas mais sensuais do momento, livre de palavras a mais.Sua Poesia é quase de peso pluma, peso asa, asa de borboleta, vujo maior valor está na beleza de per si, cada verso que ela apura e depura, até que seus rastros luminescentes tenham a transparência do quase nada- mas são sempre algo que impactua...

Clevane Pessoa




"caros amigos
tenho muito prazer em comunicar-lhes a publicação de meu livro borboleta desfolhada pela editora canto escuro (portugal) e convidá-los para o lançamento no próximo dia 17 de julho, a partir das 19 horas, na livraria quixote - savassi - rua fernandes tourinho, 274 - belo horizonte.
até lá!
líria porto"

Um pouco de poesis, captada de um blog plenilúneo:

alívio
líria porto

se tu tristeza
levasses um tiro
sangravas no choro
ou gemias no riso?

><><

morrentes
líria porto

quando secar o planeta
vão pingar das torneiras
filetes de lágrimas

homens insensatos

><><><
triângulos
líria porto

quem casa quer brasa
quer asas (a)casos
outros prismas

(fugir da rotina)

___________________________________________________

No ano passado, publiquei a página abaixo em meu blog Erotíssima:
De Abelha e colheitas
sábado, 13 de dezembro de 2008, 00:59:19 | noreply@blogger.com (Clevane_em_Pessoa)


abelha
líria porto




de tudo que vi


escolhi os teus seios


retirei do entremeio


dentre as contas em cor


um cadinho de mel


lambuzei minha boca


tinha gosto de uva


depois da chuva.


"A autora ,mineira do chamado Triângulo, com duplo sentido, aqui,nasceu em Araguari,reside em Belo Horizonte, escreve poesia sutil, muitas vezes erótica -e até mais-que-erótica.

Blog:http://liriaporto.blogspot.com/

No momento, abriu outro, apenas de erotismo, quando eu souber o endereço, postarei aqui.

E escrevo para ela:


Poemeto 3,para Líria

Clevane Pessoa


Líria Porto
nasceu em Araguari,
mora aqui,
onde faz sementeira
deságua
e ara
as sementes do Triângulo.
Colhe gavinhas e lírios.
Mineira.

LPLPLPLPLPLPLP

Divulgação:
Clevane Pessoa
Diretora Regional do InBRasCI.

Graça Campos tem tela na capa da nova antologia da ALBA .














A artista plástica e poeta Graça campos, segunda comunica-me o premiado poeta, contista,engenheiro e editor Anibal Albuquerque, terá uma de suas telas usadas na próxima antologia da editora ALBA, "Emoções em Prosa e Verso".

A ALBA cumpre o papel de divulgar não apenas autores renomados, mas também iniciantes ou pessoas que escreviam, mas não publicavam.E as edições são bem feitas e de bom gosto visual -ultimamente vem privilegiando artistas, o quie é muito bom para a divuldação de Arte abraçada às Letras.

Visite as telas e os textos de Graça Campos, prolífera talentosa e dedicada, também no Mural dos Escritores, entre outros espaços:

http://muraldosescritores.ning.com/profile/MariadasGracasAraujoCampos

terça-feira, 30 de junho de 2009

Angela Togeiro toma posse na ALB/Mariana,cadeira número 12







Nas fotos)de baixo para cima:Angela entra no auditório do Museu da Música, em Marian, onde aconteceu a cerimônia de posse;
Angela Togeiro saudada por uma adolescente membro da Academia Mirim e recebendo uma rosa (linda forma de apresentação dos noveis acadêmicos:a partir de versos de Hebe Rola, professora Emérita da UFOP, os jovens liam a biografia dos mesmos e lhes presenteavam com a rosa;
Livros meus e de Angela Togeiro doados à ALB/Mariana, entre os de outros autores.
Angela Togeiro recebe seu diploma, das mãos do Dr.Mário Carabajal.
Angela Togeiro e eu, em sépia.
Crédito das fotos:
Gabriel Pessoa




Algo lindo de saber:Angela Togeiro, ao tomar posse como acadêmica fundadora da ALB, escolheu seu avô italiano ,Francisco Sodero, como patrono.

A possse ovorreu na data de 30 de maio de 2009, na cidade primaz do Estado de Minas Gerais, Mariana.

Posse na ALB e título de Filósofa Imortal-Clevane Pessoa











Nas fotos, de cima para baixo (créditos de Gabriel Pessoa):os acadêmicos,o telão, onde os acadêmicos eram mostrados, antes da cerimônia, com Andreia Donadon Leal, como Dr.Mário Carabajal, recebendo o certificado, chegando à cerimônia e com a amiga acadêmica Angela Togeiro, uma das "Poietisas" deste projeto e, em sépia, com a nossa Presidente do InBrasCi, Dra.Marilza Albuquerque, que assina muitas vezes seus poemas com o nome de Carvalho Branco.


Eu, Clevane Pessoa de Araújo Lopes, após a posse na qualidade de acadêmica fundadora da ALB,cadeira número 11,tendo escolhido pata patrona a jornalista e poeta Laís Corrêa de Araújo, indicada pela presidente da ALB/Mariana/MG , Andreia Donadon, também agraciada com o título, recebo ,emocionada e surpresa, do presidente Nacional Dr Mário Carabajal -Ph.D/Ph.I," o título de Doutora em Filosofia Universal PH.I-Filósofa Imortal "Honoris Causa", em reconhecimentom àprodução univérsica filósofo /literária de efeitos e reprecissões internacionais", pela ALB e pelo CONALB-Conselho Nacional das Academias de Letras do Brasil.